Acceso rápido
contato

Universität Heidelberg
Iberoamerika-Zentrum
am Institut für Übersetzen
und Dolmetschen
Plöck 57a
D-69117 Heidelberg
Tel.: +49-6221-54-7262
E-Mail: iaz-info@uni-heidelberg.de

 
 O IAZ >  Estrutura >

Estrutura

Patrocinado pelo convênio de cooperação estabelecido com o Banco Santander, representado pelas Universidades Santander, o Centro de Estudos para Ibero-América da Universidade de Heidelberg é uma instituição da Faculdade de Filologia Moderna no Instituto de Tradução e Interpretação.

O IAZ é dirigido por um diretório que se ocupa tanto da administração de fundos como da elaboração de relatórios anuais de contas e comércio. A comissão executiva conta com a assistência de a coordenação de projetos.

A comissão executiva do IAZ recebe assessoria de um grêmio científico para deliberar sobre os assuntos relacionados às atividades desenvolvidas em todos os âmbitos científicos. A composição dos membros que integram este conselho científico depende das questões a serem decididas.

Os membros importantes da Universidade de Heidelberg, patrocinadores do IAZ, bem como representantes das áreas econômicas, sociais, políticas e culturais compõem a curadoria do IAZ. Esta exerce a função de auxiliar o IAZ no que diz respeito aos assuntos estratégicos, não relacionados às questões científicas do IAZ.

O trabalho desenvolvido no IAZ é avaliado, com auxílio dos relatórios anuais de contas e comércio, por uma comissão de acompanhamento composta por membros representantes do convênio de cooperação.

 

IAZ – Direção executiva

Oscar Loureda
 

Prof. Dr. Óscar Loureda (Presidente)

Prof. Óscar Loureda é licenciado em Filologia Hispânica na Universidade de La Coruña. Nesta mesma universidade, concluiu em 2001 o doutorado em Linguística do Espanhol e, a partir deste período até 2008, trabalhou como docente e pesquisador.

Recebeu uma bolsa estudos da Fundação Alexander von Humboldt para realizar, entre 2005 e 2007, uma estadia de pesquisa de na Universidade de Tübingen. As suas pesquisas estão centradas nas áreas de Semântica, Lexicografia e Linguística da Língua Espanhola. O seu foco de análise recai principalmente sobre o âmbito discursivo. Nesta área, realizou diversos estudos relacionados Gramática, Tipologia e Linguística Textual do Espanhol. Atualmente, é professor catedrático de Linguística Hispânica e Tradução e diretor do Instituto de Tradução e Interpretação da Universidade de Heidelberg. Desde 2010, passou a ser também diretor do Centro de Estudos para Ibero-América. Coordena o grupo de pesquisa “Partículas discursivas e cognição” (DPKog) e é cofundador do “Heidelberg University Language and Cognition Lab” (Laboratório de Linguagem e Cognição da Universidade de Heidelberg”- HULC).

Site Prof. Dr. Óscar Loureda
Contato: oscar.loureda@iued.uni-heidelberg.de

 

 

Sybille Gro _e
 

Prof. Dr. Sybille Große

Sybille Große estudou Romanística e Formação de Adultos na Universidade de Leipzig e fez doutorado na área de Variação Morfossintática do português brasileiro e europeu.

Depois de concluir o pós-doutorado em Rouen e Paris e realizar diversas estadias de pesquisa, obteve a habilitação em Filologia Românica (Linguística) na Faculdade de Filosofia da Universidade de Postdam. De outubro de 2008 até março de 2011, trabalhou como professora catedrática substituta em Linguística do Espanhol e Português no Instituto de Romanística da Universidade de Leipzig. Atualmente, possui a cátedra de Linguística de Línguas Românicas (Francês, Espanhol, Português) no Instituto de Romanística na Universidade de Heidelberg. As suas pesquisas estão focadas nas áreas de História da Linguagem (com ênfase na Tradição Discursiva e Normalização Linguística), Mudanças Linguísticas e Gramaticalização das línguas românicas. Ademais, analisa as possibilidades de expressões dos marcadores evidenciais e de posse e repetição, bem como as estratégias de compreensão e semântica textual no plano das análises da Linguística Textual sobre comunicação política. Trabalha também na área da Retórica Aplicada.

Site Prof. Dr. Sybille Große
Contato: sybille.grosse@rose.uni-heidelberg.de

 

Cristiane Stutterheim
 

Prof. Dr. Christiane von Stutterheim

Prof. Dra. Christiane von Stutterheim estudou, nas Universidades de Marburg e Munique, Germanística, História, Ciências Políticas e Filosofia. Após a segunda licenciatura (Staatsexamen) e uma estadia de pesquisa no Instituto de Psicolinguística Max-Planck em Nimegue, concluiu doutorado na Universidade Livre de Berlim em 1984.

Desde 2000, é professora de Linguística Alemã no Instituto de Alemão como Língua Estrangeira da Universidade de Heidelberg. As suas áreas de pesquisa estão concentradas na Tipologia Linguística, relação entre língua e cognição e Psocolinguística de produção e aquisição de linguagem. Atualmente, orienta diversos projetos em torno das especificidades linguísticas de organização das informações no nível discursivo e sintático. O seu foco reside nos princípios, baseados em evento-interpretação, na produção linguística em línguas tipologicamente diferentes. Os métodos abarcam eye tracking, medições cronométricas, testes de memória, MEG e EEG.

Site Prof. Dr. Christiane von Stutterheim
Contato: stutterheim@idf.uni-heidelberg.de

 

 

Bild Poppenberg
 

Prof. Dr. Gerhard Poppenberg

Doutor pela Universidade Livre de Berlim em 1991 com uma tese sobre Maurice Blanchot
Livre-docência pela Universidade Livre de Berlim em 1998 com uma pesquisa sobre o auto sacramental espanhol
Docência: Universidade Livre de Berlim, Universidade de Colônia, Universidade de Erfurt;
Desde 2002: Universidad de Heidelberg

Além do teatro espanhol dos séculos XVI e XVII, o Prof. Dr. Poppengerg dedica seu trabalho de pesquisa atual especialmente ao conceptismo pré-moderno. Suas pesquisas tratam por um lado da poesia de Soto de Rojas e Sor Juana Inés de la Cruz e, por outro, dos fundamentos teóricos do conceptismo, sobre todo a partir de Gracián. A obra de Miguel de Cervantes também se encontra entre os temas centrais de pesquisa. Do ponto de vista teórico e metodológico, seu trabalho científico é, por um lado, de orientação hermenêutica e, por outro, de orientación estruturalista-deconstrutivista.

Site Prof. Dr. Gerhard Poppenberg
Contato: gerhard.poppenberg@rose.uni-heidelberg.de

 

 

pict1771.jpg
 

Prof. Dr. Robert Folger

Site Prof. Dr. Robert Folger
Contato: robert.folger@rose.uni-heidelberg.de

 

 

 


IAZ – Coordenação de projetos

Katrin Berty
 

Katrin Berty

Katrin Berty é licenciada em Tradução nas línguas espanhola, francesa e inglesa. Desde o fim de 2005, trabalha na área acadêmica no Departamento de Espanhol do Instituto de Tradução e Interpretação da Universidade de Heidelberg.

Foi docente convidada e realizou estadias de pesquisa nas universidades de Granada, Sevilha e Salamanca. A sua docência e pesquisa estão focadas, entre outras, nas áreas de Terminologia Contrastiva e Fraseologia, bem como Metodologia e Didática da Tradução. Desde setembro de 2011, coordena os projetos do Centro de Estudos para Ibero-América.

Site Katrin Berty
Contato: katrin.berty@iued.uni-heidelberg.de

 

 


IAZ – Alunos colaborados

Hector Alvarez
 

Héctor Álvarez Mella

Héctor Álvarez Mella (Avilés, Espanha) estudou Filosofia e concluiu o mestrado em Estudos Sociais em Ciência e Tecnologia na Universidade de Oviedo e o mestrado em Ciências da Tradução no Instituto de Tradução e Interpretação da Universidade de Heidelberg.

Atualmente é doutorando nesta mesma universidade com uma tese sobre "Sociologia e Econonomia da Tradução" em co-orientação de Óscar Loureda e de José Luis García Delgado (Universidade Complutense de Madrid). Desde fevereiro de 2013, trabalha como assistente de pesquisa no IAZ onde participa na organização e coordenação de vários projetos. No ano acadêmico de 2012/13, coordenou a tradução do Atlas Científico da Universidade de Heidelberg (Wissenschaftsatlas der Universität Heidelberg) para o espanhol. Desde 2014 coordena o intercâmbio de publicações com a Revista Internacional de Lingüística Iberoamericana (RILI) e colabora na organização de eventos científicos como o Congresso da Associação Alemã de Hispanistas (março 2015) e o 4° Simpósio Internacional: Marcadores discursivos nas línguas românicas - um enfoque contrastivo (maio 2015).

 

 

Martha Rudka 80x100

 

Martha Rudka

Martha Rudka estuda Tradução nas línguas alemã, espanhola e inglesa no Departamento de Tradução e Interpretação da Universidade de Heidelberg.

Realizou estadia de pesquisa na Universidade Pontifícia Comillas em Madrid e trabalhou durante seis meses como tradutora numa instituição privada em La Coruña, Espanha. Desde 2011, trabalha aluna colaboradora científica no Centro de Estudos para Ibero-América e faz parte do grupo de pesquisa “Partículas Discursivas e Cognição” (DPKog).

 

 

 

Responsável:
Letzte Änderung: 07.12.2015
zum Seitenanfang/up